JUBASU: Janeiro 2012

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Um Fantasma Chamado Passado

Voce com certeza se lembra da sua origem, do seu passado, das coisas que fez ontem, ou há 10 anos atrás. E talvez essas lembranças nao te tragam sentimentos bons.

Mas eu queria te dizer que a sua origem real não foi um adultério, ou um ventre cheio de rejeição. Sua origem foi no coração de Deus, a sua vida, seu respirar veio do pulmão dEle. Esse é o passado que você tem que se lembrar, essa é sua origem

O resto foi lançado no mar do esquecimento a partir do momento que um homem de braços abertos gritou “está consumado”. Ele estava crucificado, mas sabia muito bem o que estava acontecendo. Sentia a pior das sensações físicas, mas seu espírito rejubilava “Está consumado”.

Você sabia que antigamente, quando um prisioneiro cumpria sua pena e saía (vivo ou morto) anotava-se em seu cadastro: “Teo Telestai” ? ESTÁ CONSUMADO.
Foi isso que Jesus fez.

A porta da prisão está aberta, entao porque muitos ainda estão lá?
Corre pra fora meu irmão, vc é livre! Ja está consumado, acabou, a divida contra vc foi rasgada ha muito tempo...

Ore para que sua mente seja cativa ao Espirito Santo, e para que vc consiga rejeitar todo tipo de engano que o inimigo colocar no seu coração, mentiras, lembranças, etc.

Ore para que sua carne seja admoestada também, para que vc nao tenha prazer nem saudade dos pecados que ja cometeu.

Ore para se lembrar todos os dias, quando abrir os olhos, de quem você é em Deus, verdadeiramente.

O inimigo pode saber seus pontos fracos, ser astuto e tudo mais. Mas cabe a você dar ouvidos a ele ou não.

Passado? É só um fantasma que não resiste a imagem da cruz. Espante-o.

Quee o Senhor Deus nos cubra com suas bençãos...

Fonte: Não Morda a Maçã

Deivid Azevedo!

domingo, 29 de janeiro de 2012

Maturidade Cristã x Decepção Humana


Quem nunca se decepcionou com alguém?
São nesses momentos de relevos tristes que provamos a nossa maturidade e experimentamos o quanto fomos maduros imaturos diante da situação.

Um dos comportamentos produtores de decepção é a expectativa errada acerca dos outros. Ela é facilmente explicada: todos queremos pertencer, todos queremos nos relacionar. Às vezes, na verdade, queremos ser servidos ou afagados pelas pessoas. Neste trajeto, idealizamos as pessoas, idealizamos os relacionamentos, acabamos esperando demais das pessoas, esperando delas o que não podem dar. Há pais que esperam demais dos seus filhos. Expectativa elevada é fruto de uma frustração elevada.

Recuar, procurar ajuda, conselhos, esperar um pouco antes de agir, orar e principalmente: JEJUAR, são algumas atitudes sensatas que podermos tomar diante de situações que envolvem decepção.

Sabemos que a decepção faz parte da vida de cada um de nós. Decepcionar-se, na verdade, é deixar-se surpreender pelo comportamento de alguém, de quem esperávamos outra atitude numa determinada situação.

O problema se torna real quando a atitude nos parece fora do comportamento esperado.

Por isto, o modo como lidamos com a decepção sinaliza nosso nível de maturidade.

O QUE A BIBLIA DIZ SOBRE A DECEPÇÃO:
A Bíblia está cheia de histórias de decepções entre pessoas e até mesmo entre pessoas e Deus.

Decepções inter-humanasEis algumas das decepções que marcaram as vidas de muitas pessoas.

Agar amava a Abraão, chegando a lhe dar um filho. No entanto, instigado por Sara, sua também esposa, ele se separou de Agar, expulsando-a de casa. No meio do deserto, para onde teve que fugir com o filho menor, Agar chorou e orou muito. Deus viu a sua dor e fez dela uma nova mulher (Gênesis 21.9-21).

Samuel era um profeta, sacerdote e juiz que fazia tudo por seu povo. Assim mesmo, depois de tantos serviços prestados, os israelitas lhe pediram que lhes escolhesse um rei, que não fosse ele, nem seus filhos. O pedido o deixou enormemente decepcionado. As palavras com as quais quiseram descartar seus líderes foram dolorosas: "Vê, já estás velho, e teus filhos não andam pelos teus caminhos; constitui-nos, pois, agora, um rei sobre nós, para que nos governe, como o têm todas as nações" (1Samuel 8.5). Deus o consolou, dizendo que não era ele a quem o povo rejeitava, mas ao próprio Deus (1Samuel 8.4-22).

Depois de uma vitória militar, Davi voltou para casa, a fim de compartilhar sua alegria. O rei retornou dançando diante de Deus e na presença de homens e mulheres. Tomada pelo ciúme, sua esposa o repreendeu publicamente. Foi mútua a decepção; sua esposa, Mical, decepcionou-se por causa do ciúme; Davi decepcionou-se por causa da falta de compreensão dela. Os dois se separaram

No começo do Cristianismo, Paulo e Pedro se envolveram numa disputa teológica, que terminou com um acordo, selado perante muitas testemunhas e por escrito, que preservava a unidade da Igreja no Espírito Santo. No entanto, algum tempo depois, o apóstolo Pedro decepcionou o apóstolo Paulo quando, diante do seu público judaico, adotou um comportamento contrário ao que fora acertado, talvez em busca do aplauso da platéia.

Paulo teve muitos auxiliares. Alguns deles, como Fígelo e Hermógenes, Demas e João Marcoso abandonaram, infligindo muito sofrimento ao apóstolo.

Decepções do homem com Deus
A Bíblia registra também histórias de decepções com Deus, que tiveram fins trágicos;

Caim prestou um culto a Deus, que não foi aceito, por causa do propósito ilegítimo que tinha ao prestá-lo. Assim mesmo, ele ficou decepcionado com Deus. Como não podia matá-lo, assassinou seu irmão;

Jonas decepcionou-se com Deus, porque Este o chamou para pregar a um povo de quem não gostava. Depois de ter tentado fugir, acabou pregando àquela gente que, para sua decepção, aceitou a sua mensagem. Mesmo depois de corrigido por Deus, preferiu curtir a sua decepção (Com isso, desgostou-se Jonas extremamente e ficou irado [ressentido, em outra versão] em lugar de mudar de atitude).

O discípulo Judas desejou que seu Mestre, Jesus, fosse o Messias político que ele e muitos outros queriam. Como Jesus foi o Messias que ele não esperava, traiu-o, entregando-o à policia política judaica por 30 moedas de prata, dinheiro suficiente para comprar um terreno próprio para abrigar um cemitério . Seu beijo público selou sua decepção, que terminou com uma corda no pescoço
As decepções destes homens e mulheres nos ajudam a fazer uma anatomia de nossas próprias decepções.

AFINAL, PORQUE NOS DECEPCIONAMOS
Só se decepciona com as pessoas quem se relaciona com as pessoas. Quem não quer se decepcionar não deve se relacionar, mas esta hipótese não é possível. Não há como reduzir a zero os nossos relacionamentos.
Em lugar de fugir das pessoas, precisamos aprender a como nos relacionar com elas e verificar como nos temos comportado. Comecemos por perguntar: por que nos decepcionamos?

Temos uma visão errada da natureza humana
Nós nos decepcionamos porque temos uma visão errada da natureza humana, ao nos esquecermos que decepcionar é da condição humana. Devemos nos lembrar que em nós não há bem nenhum.
Recordar o ensino bíblico acerca dos pecados nos ajuda a viver melhor. Há uma lei em mim, que produz a seguinte característica: Quando quero fazer o bem, o mal está junto a mim. A razão disto é que todos [os seres humanos] se desviaram, tornaram-se juntamente inúteis; não há ninguém que faça o bem, não há nem um sequer. Por mais dura que seja esta verdade, esta é a verdade.

Por esta razão, Deus nos ensina a nos relacionar com os homens, mas não a confiar neles. O desafio de Jeremias pode não ser politicamente correto, mas é correto em todos os outros níveis, ao declarar: Assim diz o Senhor: "Maldito é o homem que confia nos homens, que faz da humanidade mortal a sua força”.

Agar se decepcionou com Abraão, porque se esqueceu do que Sara podia fazer, por causa do seu ciúme, e do que Abraão podia executar, por causa da sua fraqueza. Mesmo aqueles que são geralmente pessoas bondosas fracassam e decepciona, voluntária ou involuntariamente.

Esperamos demais das pessoas.
Um dos comportamentos produtores de decepção é a expectativa errada acerca dos outros. Ela é facilmente explicada: todos queremos pertencer, todos queremos nos relacionar. Às vezes, na verdade, queremos ser servidos ou afagados pelas pessoas. Neste trajeto, idealizamos as pessoas, idealizamos os relacionamentos, acabamos esperando demais das pessoas, esperando delas o que não podem dar. Há pais que esperam demais dos seus filhos. Há filhos que esperam demais dos seus pais. Expectativa elevada é mãe de uma frustração elevada.

Não podemos esperar que o nosso próximo (mesmo o mais próximo) supra o que, por definição, não pode suprir.
Relacionemo-nos, mas não esperemos gratidão sempre. Só dez por cento das pessoas a quem socorremos, ajudamos e amamos nos socorrerá, nos ajudará e nos amará. O sentido de gratidão é uma exceção espiritual, não um comportamento natural.

Quando só voltaram para agradecer um dos dez leprosos que curara, Jesus, que conhecia a alma humana, mostrou aos seus discípulos o que é a natureza humana. Depois de ter servido por anos ao seu povo, Samuel esperava reconhecimento pelo seu trabalho. Não esperava ser descartado como um velho. Não esperava que seu modo de governar fosse substituído por outro. Samuel se esqueceu do que é a natureza humana.

EM SUMA:Relacionemo-nos, mas não esperemos que aqueles que têm algo contra nós venham conversar conosco, para buscar o entendimento e, quem sabe, a paz. Isto pode acontecer, mas o padrão humano é nos condenarem sem nos dar a oportunidade de defesa.
Relacionemo-nos, mas não esperemos que aqueles que nos ofenderam venham nos pedir perdão sincero. Isto pode até acontecer, mas ao padrão humano.

Transforme a decepção num caminho de volta para Deus.
Aquele em Quem podemos realmente confiar. Ela nos lembra quem é o ser humano; ela nos recorda quem somos nós; ela nos apresenta Quem é Deus.
Bendito é o homem cuja confiança está no Senhor, cuja confiança nele está. Salmo 1.


Todos postados aqui neste blog... ^^

Que o Senhor nos abençoe.

Deivid Azevedo!

sábado, 28 de janeiro de 2012

Quero postar no Blog JUBASU

Olá pessoas..
Criei este post para você que quer fazer uma pequena participação neste blog Jovem.. ^^
Legal né .?! E como vc vai fazer isso ?!
É simples!!! Você vai pegar meu e-mail, enviar a mensagem que quer deixar neste blog, e eu estarei postando aqui... Facinho néh ?!
Antes tinhamos a participação de alguns irmãos da Primeira Igreja Batista em Sumé (Márcio Montilari, por exemplo), porém, não sei se por conta do tempo (ou não), deixaram de postar aqui... =/ Fico triste por isso, porq eu tbm gosto de ler as mensagens deles (ou gostava, já que não postam mais).. Bom, serve pra vcs tbm tá.?!

Querendo deixar uma mensagem neste blog, é só enviar para deivid_azevedo@hotmail.com que eu estarei postando aquiii.. ") E nem se preocupe, estarei colocando o seu nome no final do post, hehehe~
Não deixe de abençoar vidas através de uma mensagem sua... beleza?!

Valeuuu'

Deivid azevedo!

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

O Sexo no Casamento Cristão

HelloO Jubasuenses visitantes do Blog.. Como estão? Tudo na Paz do Senhor?
Bom, estou hoje por aqui pra deixar pra vcs algo sobre a sexualidade na vida cristã, ou para ser mais preciso, no casamento cristão.. hehe~
Lii todo este artigo que encontrei no site da Revista Enfoque, aliás, quem quiser pode ler também completo clicando AQUI
Creio que temos que comentar mais a respeito destes assuntos no nosso Blog.. Cês num axam? rsrsrs...
espero que vcs aproveitem, e leiam sim todooo hein?! Pelo menos eu gostei bastante ")

- O que um casal cristão deve ou não deve fazer?


Virgínia Rodrigues

Faça sol ou faça chuva, no frio ou no calor, com cansaço ou relaxado, não importa. O apetite sexual do brasileiro não encontra barreiras para se satisfazer. As pesquisas sinalizam, a mídia incrementa, os produtos estimulam. E o casal que busca viver dentro de princípios cristãos, com fidelidade conjugal e ética moral nem sempre consegue administrar desejos e possibilidades. Afinal, a própria Bíblia está cheia de orientações sobre comportamento afetivo e sexual entre casais. O apóstolo Paulo enfatizou que homem e mulher devem sempre manter um acordo sobre suas relações sexuais a fim de evitar tentações (1 Cor 7:5). Diante de tantas pressões, o escritor do maior número de cartas do Novo Testamento sintetizou muito bem: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convém. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por elas” (1 Cor 6:12). Assim sendo, o que seria lícito ou não para um casal cristão nos momentos de intimidade?

Existe alguma recomendação específica sobre regras e práticas do que deve ocorrer entre marido e mulher dentro de quatro paredes? O que mais tem afligido os casais na hora da relação sexual? E por mais que o homem ou mulher brasileiros se mostrem despojados de pudores ou questionamentos, sempre há aqueles que querem esclarecer e discutir suas opiniões. Casais crentes, sejam mais liberados ou não quanto à sua performance com o parceiro, também necessitam de mais esclarecimento. Com o índice de separações cada vez maior em famílias evangélicas, não se pode desconsiderar que, muitas vezes, problemas no sexo são o estopim para um divórcio.

A freqüência do ato sexual é uma dessas questões sempre debatidas. Alguns reclamam de excesso, outros de falta de sexo no casamento. Saber reconhecer o limite do cônjuge na hora de determinar a freqüência nas relações sexuais é fundamental. É claro que a atração e vontade de fazer amor com a pessoa amada é saudável, desde que o desejo de um não se torne o tormento do outro. Mas como saber se o número de relações de um casal está além da conta? De acordo com especialistas, essa resposta é variável e deve ser dada pelo próprio casal. O excesso ocorre quando a freqüência ultrapassa uma média dentro do casamento, isto é, a quantidade de vezes com a qual os dois estavam acostumados começa a aumentar, ou quando supera a vontade do outro.

O médico Ademir Pacelli Ferreira, professor do Instituto de Psicologia da Uerj, explica que a expressão “excesso de sexo” não é um conceito psicopatológico. “É um termo que parte de uma norma, aparecendo como queixa de um”, afirmou. Ele diz que é difícil haver equilíbrio no apetite sexual, pois sempre haverá um mais estimulado que o outro. É a convivência e o perceber-se um ao outro que define quem vai ceder e o que vai ceder a fim de que o casal encontre um caminho comum. Identificar a raiz do comportamento é uma tarefa de marido e mulher. E se chegar a um acordo for complicado, procurar ajuda externa é a orientação.

O recém-casado Pedro Vieira, 25 anos, está sentindo na pele os efeitos do seu desejo. Casado há apenas oito meses, ele admite que sua esposa de 20 anos tem se queixado do seu apetite, sinalizado diariamente. “Por mim, eu manteria relações com minha esposa todos os dias, mas ela reclama”, reconheceu. O conflito tem algumas razões que já começam a aparecer. A primeira é a formação. Ela é evangélica de berço, e ele está freqüentando a igreja. Ambos têm, portanto, valores diferentes. Diante da negativa, ele diz que insiste e, quando não vê alternativa, vai dormir chateado. “Fico chateado só na hora, mas procuro entender. Depois passa. Às vezes, minha esposa também fica brava”, emendou. Apesar do desentendimento, garante que o casamento não foi abalado.

Tradicionalmente, o maior desejo vem do homem. E, diante da situação, a reação da mulher vai depender de sua orientação nas diferentes áreas do comportamento: sexualidade e espiritualidade, por exemplo.

Martha Gonçalves enfrentou o mesmo desafio da esposa de Pedro Vieira. Ela conta que os 15 anos de casamento não afetaram em quase nada o comportamento do marido, que a procura a cada dois dias, e, dependendo da semana, o convite pode ser diário. “Ele teve formação diferente da minha, converteu-se depois. Então, procurei entendê-lo, assim como ele também procurou me entender. Fiquei um pouco assustada no início, porque não esperava que fosse tão freqüente, mas vi que era uma necessidade dele. Como eu tinha saúde, fomos nos moldando”, lembrou Martha, que afirma que foram poucas as vezes que negou sexo. “Quando isso acontece, ele entende. Pensava também que, se ele não satisfizesse seu desejo comigo, poderia procurar fora de casa.” E de acordo com Pacelli Ferreira, há homens que justificam o adultério pela resistência da mulher.
PERSPECTIVA FEMININA
Sob a perspectiva feminina, a médica Esther Ribeiro explica que se a excitação for natural, não traz qualquer tipo de problema para o corpo da mulher. “Se a mulher for muito amada, ela não tem limite”, atestou. Para a especialista, que é ginecologista, terapeuta familiar e pastora, o único período em que a mulher deve evitar manter relações é o menstrual, quando o sangue é um elemento que facilita infecções e o colo do útero está muito aberto, possibilitando a subida de bactérias. Como terapeuta familiar, Esther diz que prejudicial não é o excesso em si, mas como a mulher (ou o homem) está desfrutando da relação. “Estamos vivendo em um mundo onde o que importa é o ‘meu’ prazer e não o ‘nosso’ prazer. Os casais não conversam, não namoram. Quando isso acontece, o prazer é um prazer egoísta, o que gera relacionamento anômalo”, alertou.

Outro ponto pouco discutido e que poderia ser mais explorado é o “mapa erógeno”. Muitos casais ainda precisam conhecer e saber desfrutar das zonas erógenas do seu corpo e do cônjuge para que a sexualidade no casamento seja mais prazerosa. Para dar e receber prazer, o casal deve explorar este “mapa” existente no corpo do seu esposo ou de sua esposa. Mas o que é zona erógena? São partes do corpo especialmente sensíveis às carícias, porque têm muitas terminações nervosas. Quando a pessoa está receptiva, a estimulação dessas áreas provoca sensações fortes, que desencadeiam reações sexuais. A pele, em si, é praticamente uma zona erógena em potencial, mas certas partes do corpo têm reações mais fortes, como lábios, pescoço, lóbulo da orelha, nuca, peitos, pés, dentre outras.

ZONAS ERÓGENAS
MULHERES
Frente: orelhas, boca, palmas das mãos, mamilos, barriga, parte interna da coxa, dedos dos pés
Ponto especial: clitóris
Costas: nuca, bumbum

HOMENS
Frente: olhos, cantos da boca, pescoço, dedos dos pés, mamilos, barriga, virilha, pés, glande (cabeça do pênis)
Costas: bumbum

FOCO SENSÍVEL

Os pontos erógenos mais sensíveis são diferentes para cada pessoa e provocam reações diversas à estimulação. A melhor forma para descobrir o próprio “mapa erógeno” e o do cônjuge é a exploração mútua. O modo como as carícias são feitas também provoca reações diferentes. É justamente a exploração sexual que o pastor Gilson Bifano orienta aos casais para melhorar a vida sexual. Partindo da teoria para a prática, ele recomenda um exercício chamado “foco sensível”: os cônjuges acariciam suavemente todo o corpo um do outro, sem intenção de penetração. Segundo Bifano, que é fundador do Ministério de Família Oikos, o objetivo é fazer o outro conhecer a sensibilidade de seu próprio corpo. “Pode usar uma pena ou pluma ou a mão de maneira suave”, ensinou.

O pastor alerta para o fato de que os casais, especialmente cristãos, devem aprender que o ato sexual não se reduz apenas ao binômio pênis–vagina. “Quando um casal restringe o ato sexual a isso, a relação, com certeza, se empobrece. Devemosmostrar a maridos e esposas crentes que a sensualidade, quando usada para atrair o cônjuge, não é pecado e é até recomendável”, ressaltou ele.

A psicoterapeuta e especialista em sexualidade Carmen Lúcia Otero Janssen diz que durante o ato sexual as pessoas precisam parar de se preocupar com o desempenho e priorizar a exploração das sensações dos cinco sentidos (tato, olfato, audição, visão e paladar). “A pessoa fica muito preocupada em mostrar habilidade e impressionar o parceiro. Ou seja: ‘Vou arrasar na cama.’ Em vez disso, deve sentir o toque e doarse mais para o outro e entrar em contato com a afetividade”, destacou ela, que já escreveu o livro “Massagem sensual para casais enamorados”. A publicação ensina os casais a usarem a massagem como veículo para o desenvolvimento da sexualidade amorosa.

Carmem Lúcia Janssen frisa que hoje a sexualidade está muito banalizada e muito rápida. “As preliminares são importantes tanto para homens quanto para mulheres. O ato sexual, para o homem, é muito genitalizado, e ele não percebe que perde com isso. Ao demorar nas preliminares (zonas erógenas), os parceiros ganham mais qualidade na vida sexual”, explicou ela, que é pós-graduanda em Sexualidade Humana pelo Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática de São Paulo (Isexp).

O fato é que quando o casal apresenta problemas na cama, o relacionamento pessoal também sofre conseqüências. Um exemplo disso é a contabilista L.S. “Sentia muita dor na relação sexual e por conta disso passei a evitar o meu marido”, disse. Assim, o casal
começou a brigar. A solução foi procurar ajuda de um psicólogo cristão. “Durante a terapia, aprendi a importância de me doar, e a psicóloga ensinou que devemos demorar nas preliminares. Melhorou bastante, e reduzimos as nossas brigas”, garantiu. Gilson Bifano afirma ainda que a comunicação – antes, durante e depois da relação sexual – é importante. “Os cônjuges devem perguntar onde o outro gosta e não gosta de ser tocado, o que causa maior e menor prazer.”

A vida conjugal continua sendo motivo de muitas discussões, debates e dúvidas. E deverá continuar assim, já que a relação sexual de um casal é algo que se aperfeiçoa dia-a-dia. O êxito está intimamente ligado à capacidade de se expor e de dialogar, em amor. Trocas e carinhos ajudam no conhecimento um do outro, permitindo o encontro de soluções e caminhos para uma sexualidade sadia.

Fiquem com Deus..!

Deivid Azevedo!

4º Aniversário do Ministério Consagração

Neste dia 04 de Fevereiro de 2012 o Ministério Consagração estará comemorando o seu 4º aniversário com muito louvor e gratidão ao Senhor...


"Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus."
Filipenses 3.14

Preletor convidado: Pr. Alex Polessi Junqueira / Campina Grande - PB

Por isso convidamos você e sua família para juntos agradecermos ao senhor por mais um ano de vitórias e conquistas em Sua presença... Venha e traga a sua família...

Local: Primeira Igreja Batista em Sumé
Endereço: Rua Antônio Pereira Baé, 148 - Centro / Sumé - PB
Horário: 19:00h

PIBSU!

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

O Relacionamento entre os Cristãos


A paz do Senhor, meus queridos irmãos e visitantes do Blog JUBASU...
A algum tempo venho pesquisando um pouco sobre esse assunto em relação ao nosso relacionamento com os nossos irmãos.. A questão de intrigas, de deixar de falar com algum irmão por conta de alguma falha dele, ou até mesmo nossa... E nessa minha pesquisa encontrei esse texto do Pr. Renato Cajeron, disponível no site Catedral das Nações... Achei muito legal a abordagem dele e espero que, assim como eu, vcs tbm gostem...

“Rogo-vos, irmãos... que sejais concordes no falar, e que não haja dissensões entre vós...” 
I Coríntios 1:10

O mais difícil no trabalho com as igrejas hoje não é ganhar almas para Cristo, mas sim pastorear os que já foram ganhos. A cada mensagem muitos se entregam, só em nossa igreja recebemos inúmeros visitantes por ano, mas todos permanecem?

Foi assim com Jesus em seu ministério na Terra. Durante a multiplicação dos pães havia milhares de pessoas, mas nos momentos em que ele subiu ao monte para orar havia poucos.

A parábola do semeador fala que apenas uma semente das várias lançadas caiu em boa terra. A Bíblia diz também que muitos são os chamados e poucos os escolhidos.

Mas, não bastasse o fato de que muitos abandonam o evangelho, ainda dentro da igreja convivemos com uma espécie de guerra fria. Mesmo entre os que permanecem encontramos críticas, brigas, fofocas de todos os tipos.

Quantas vezes nós mesmos não tivemos a oportunidade de ouvir pessoas que vinham apenas com a intenção de denegrir a imagem de um irmão ou de um líder da igreja? Quantas vezes não permitimos que essas palavras entrassem em nosso coração?

Há momentos em que irmãos em Cristo parecem esquecer-se de que a nossa guerra não é contra carne ou sangue e começam a lutar entre si. O maior trabalho do pastor hoje é manter as pessoas na igreja e ensiná-las a viver em paz.

Em João 17:20 e 21 Jesus ora pedindo ao Pai que a unidade entre os crentes seja como a que há entre ele mesmo e o pai. Em I Coríntios 1:10 Paulo roga que não haja dissensões entre os irmãos, e isso serve para nós.

Uma igreja grande não é aquela que tem um prédio grande ou um alto número de pessoas, mas sim aquela que tem unidade entre os membros. Se todos têm o mesmo propósito chegam juntos ao mesmo lugar. Para que algo cresça é preciso haver força e unidade, mas o que vemos hoje nas igrejas é divisão. Deus quer que isso acabe.

Nosso Pai tem um propósito para cada um de nós, e para a igreja. Quando descobrimos esse propósito passamos a fluir pois seguimos na direção certa.

Relacionamentos

É muito fácil ver o irmão só no culto e ir embora. É quando você chega perto de alguém que você vai encontrando as dificuldades, descobrindo as virtudes, mas também os defeitos.

Perdão

Se estamos dispostos a nos relacionar com os irmãos temos que começar com o perdão. Jesus disse aos discípulos que não eram 7 vezes que eles deveriam perdoar, mas 70 vezes 7, ao dia.
Existem pessoas que vão juntando as falhas para depois cobrar e descontar. Já pensou se Jesus fizesse o mesmo conosco? Nossa comunhão inicia com o perdão total. Muitos saem da igreja por não saberem perdoar, mas nós não podemos viver fugindo.

Aceitação

Existem também pessoas que se acercam apenas daqueles que têm gostos ou interesses parecidos. A aceitação deles em relação aos outros é condicionada a certos fatores, ela não é genuína.
Aceitação é um fator importante nos relacionamentos. Será que estamos dispostos a aceitar nosso irmão como ele é? Amor e aceitação estão intimamente ligados.

Críticas

Outra coisa importante é não dar ouvidos a críticas. Temos que procurar sempre ouvir os dois lados da história. Quantos problemas foram causados por não escutar o que o outro tem a dizer!
Não devemos criticar o irmão, mas sim orar por ele e tentar ajudá-lo. É preciso que você procure saber da própria pessoa se o que foi falado é verdade ou não.

Valorização

Por último é importante que saibamos valorizar nossos irmãos. Quantas vezes não passamos a dar valor a algo apenas quando o perdemos? Quantos lares não são quebrados por não se valorizar esposa, marido, filhos.

Será que temos pago o preço para termos relacionamentos saudáveis? Temos valorizado o que Deus tem nos dado e feito?

O Senhor quer tirar toda a rebeldia, insubmissão e crítica do nosso meio. Ele quer nos unir em um só propósito, que o dele. Permita que ele mude seu coração.

Pr. Renato Cajeron

Que o Senhor nos abençoe grandemente e nos ajude a viver em comunhão uns com os outros... Amém?

Deivid Azevedo!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Depoimento e Agradecimento 2!

Olá novamente pessoal..
A Paz do Senhor a todos de novo..
E mais uma vez estou aqui para novamente agradecer  ao Senhor por MAIS UMA conquista  proporcionada a mim por Ele.. E agradecer também a vcs qe sempre oraram por mim...

Dois dias deois de ter feito minha matricula na UFRPE em Serra Talhada - PE, fui também aprovado pelo Prouni para o INPER - Instituto Paraibano de Ensino Renovado em João Pessoa - PB...



Estou muito, mas muito feliz mesmo!!!
Deus é muito bom... e é por isso que eu o louvo e o adoro... ^^)

Valeu Deus!!!!!!!

Deivid Azevedo!

Descanse na Sombra



Aquele que habita no abrigo do Altíssimo e descansa à sombra do Todo-Poderoso pode dizer ao Senhor: “Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio”.

Salmo 91: 1 e 2


O Salmo 91 fala sobre a proteção da qual desfruta aquele que crê no Senhor. Deus é quem nos livra do mal e nos faz permanecer de pé no dia mau; aos seus filhos, oferece abrigo, mesmo quando não percebemos, pois isso é promessa dele. Todavia, mesmo protegidos, nem sempre descansamos, pois nos deixamos atemorizar pelos problemas que surgem. Então, trocamos “o meu Deus em quem confio” pelo “ai, meu Deus!”. Não porque o Senhor falhou, mas porque nós falhamos ao não confiar plenamente nele.

Quando o Salmo fala sobre descansar à sombra, não fala apenas do frescor reconfortante, mas também de proximidade e de grandeza. Quem descansa a sobra de alguém está próximo de um que é maior; e quem é maior que o nosso Deus? Assim como uma criança que estando junto ao seu Pai, sente o conforto de sua sombra e segurança de sua proximidade, ao estarmos bem próximos do Deus eterno é que conseguimos descansar.

Logo, busque sempre estar próximo ao Senhor, por meio da oração e da meditação na Palavra, e não permita que nada te afaste dele, pois, assim a paz do Altíssimo, que excede todo entendimento, guardará o teu coração e a tua mente em Cristo Jesus (Filipenses 4:7).



Pr. Marco Antônio de Araújo - ICNV Copacabana -RJ

Mensagem recebida através do Orkut da  Integração Feminina para o Orkut da JUBASU

Deivid Azevedo!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Depoimento e Agradecimento!

Olá Gente... A Paz do Senhor a todos..
Gostaria de, neste post, compartilhar com vocês a minha enorme alegria...
Passei no Vestibular da UFRPE (Universidade Federal Rural do Pernambuco) e estou muito feliz com isso... uhuu *o*


 Deus tem mostrado a Sua fidelidade para comigo..
Quero agradecer primeiramente a Deus por mais esta vitória conquistada...
E também agradeço a todos aqueles que estiveram orando pelos meus estudos.. Sempre estive pedindo por isso nos cultos de oração e aos meus brotheres, tanto daqui de Sertânia como os principais de Sumé tbm..
Sem contar que também estou esperando o resultado do PSS da UFPB..
Valeu gente..

Fiquem com Deus e até a próxima..!

Deivid Azevedo!

sábado, 7 de janeiro de 2012

O Fim está Próximo


Olá Visitantes em geral do blog JUBASU...
Dessa vez minha postagem é a respeito do que eu tenho visto ultimamente..
Sabemos de tantas coisas ruins que estão acontecendo em todo lugar do mundo..
Ligamos a TV e oq vemos são coisas que já denunciam qe o final dos tempos está muuito próximo..
Aqui em Sertânia, nesses ultimos meses, aconteceram algumas coisas que tem chocado a população..

Uma coisa que nos abalou mais foi isso:


FILHA MATA MÃE A FACADAS EM SERTÂNIA-PE.

As drogas destruíram mais uma família no Sertão pernambucano. No último sábado (24/12) uma jovem de 22 anos, matou a própria mãe a facadas na cidade de Sertânia, sob efeito de álcool e drogas ilícitas. De acordo com a imprensa do Sertão do Moxotó, a professora Maria Ivone Pereira da Silva, 59 anos, estava lutando para livrar do vício das drogas a filha, Isabela Maria Ferreira de Souza, de 22 anos. O objetivo da professora não foi atingido e ela foi morta após uma recaída da filha neste fim de semana. Conforme testemunhas, a jovem chegou em casa drogada, começou a discutir com Maria Ivone, pegou uma faca e atingiu a genitora com diversos golpes.

A professora não resistiu os ferimentos, acabou morrendo antes de ser socorrida para o hospital. Isabela Maria foi presa em flagrante, sendo encaminhada para a Colônia Feminina de Buíque.


Fonte: Blog de Alvinho Patriota/Blog Diniz K-9

____________________________________________________

Além de vários outros casos também, como por exemplo uma mulher que morreu carbonizada dentro da própria casa...
O que está acontecendo é tudo aquilo que na Bíblia já consta, no livrode Apocalipse..
Coisas absurdas acontecendo.. Pessoas perdendo a vida assim, de uma hora pra outra..

...
Gosto de uma musica de Leonardo Gonçalves e Laura Moreno que fala sobre a volta de Jesus Cristo.. Tem por título "Ele Virá"... A letra é esta:

Os sinais já se podem ver
Ele em breve virá
Penso em como eu estarei
Quando encontrar meu Senhor

Os meus olhos verão o Rei,
Seu olhar de amor
Como estarei quando enfim vier?

Ele virá
Resgatar quem o esperou
Ele virá
Prometeu e será fiel
Eu posso esperar meu Senhor
Eu posso confiar
Ele voltará

Tantas vezes você ouviu
Sobre um Deus de grande amor
Que entregou sua vida aqui
Você pode entender o porque

Para te dar liberdade enfim
Para salvar teu viver
Como estará quando enfim vier
Vier o fim?
Sobre as nuvens eu já posso ver
Eu reconheço o meu Mestre
E Seu olhar
Todo o meu medo já passou
Quanta saudade eu senti
Agora sei que estou liberto (estou liberto)
Sei que virá


Como será que nós estaremos para receber de volta o nosso Senhor Jesus cristo??
Como diz a musica: PENSE EM COMO VC ESTARÁ QUANDO ENFIM VIER O FIM!
Queo Senhor nos cubra com suas bênçãos incontáveis.. ^^)

Deivid Azevedo!

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

1º Ano do Blog JUBASU

Olá gente... Quanto tempo...
Assim como citei em uma dessas ultimas postagens, quero me desculpar por nao ter mais aparecido por aqui... Éh que esse fim de ano pra mim foi corrido... E esse começo nem se fala... Éh Igreja.. Éh trabalho... Éh tudo... Estou Lotado..... rsrsrs~

Porém, me lembrei que nesse dia 1 de Janeiro de 2012 comemoramos o nosso aniversário de 1 ano... Pois éh... Há exatamente 1 ano atrás eu estava tomando posse como presidente da Juventude Batista de Sumé.. Meus planos eram de cumprir um mandato até o fim e de dar continuidade neste ano de 2012, mas coisas imprevisíveis, INFELIZMENTE aconteceram... Agradeço ao meu melhor amigo e irmão em Cristo, Bismark, por ter continuado na liderança no final do ano passado, e também por aceitar em ser o Presidente este ano... Que DEUS, unicamente DEUS, possa ajuda-lo nessa caminhada de Liderança..

E que o nosso Blog continue abençoando vidas, que possamos tocas os corações com as palavras que o Senhor tem nos dado...
Ore pelo nosso blog, pela nossa Igreja Batista em Sumé, e pelo nosso querido pastor Lucélio Henrique...

Quero agradecer a toda juventude batista sumeense, por todos os momentos que passamos juntos, toda força que nos foi compartilhada... Estou morrendo de saudades de vcs.. Que o SENHOR JESUS abençoe a todos grandemente...

Com amor,

Deivid Azevedo!

Where is the Love?

“E por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos se esfriará.”


Vivemos em um mundo perverso. Basta ligar a televisão e ver tragédias, besteiras, vaidades. Mas Salomão nos advertiu em Eclesiastes para não sermos vaidosos. Paulo fala para não amarmos este mundo, mesmo sendo dele. Jesus manda o jovem rico doar o que ele tem aos pobres e segui-lo.

A banda Black Eyed Peas fez uma música um tempo atrás (quando eles ainda não eram tão famosos) chamada “Where is the Love”. Eles questionam aonde está o amor, a verdade, o respeito entre seres humanos. O U2 compôs “Where the Streets Have no Name”, e sempre falam de um lugar onde há paz e não mais guerra. Bob Marley cantava “One Love”, música que fala sobre o homem amar e fazer bem para o próximo



E eu te pergunto, teu amor tem esfriado?
 
Há cinco verdades bíblicas sobre o amor.

Leia e ore para Deus te mostrar aonde você tem falhado.
 1. É impossível amarmos a Deus se não amamos nosso próximo.
“Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?” (1 João 4:20)

Você tem amado mesmo as pessoas que te esnobam e desprezam?
 2. É impossível sermos perdoados por Deus se não perdoamos nosso próximo.
“Assim também lhes fará meu Pai celestial, se cada um de vocês não perdoar de coração a seu irmão”. (Mateus 18:35)

 Você tem guardado frustrações e mágoas de pessoas?
3. É impossível amarmos a Deus se não carregamos nossa cruz.
“Quem não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim.” (Mateus 10:38)

Você tem pagado o preço de santidade?
4. É impossível amarmos a Deus se não ajudarmos o necessitado.
“Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus?” (1 João 3:17)

Você tem vivido só para si mesmo?
 5. É impossível amarmos a Deus se amamos este mundo.
“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.” (1 João 2:15)

Você tem dado muito valor para as coisas passageiras deste mundo?
Você que aceitou (e aceita a cada dia) Jesus como o Senhor da tua vida, e está perseverando na fé, queria te dizer algo. Todos nós temos lutas e dificuldades. Cada dia temos uma prova nova, cada momento uma nova razão para nos preocuparmos.
Mas não deixe de perseverar.

“E por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos se esfriará, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.”

O único jeito de vencer a iniqüidade e perseverar até o fim é através do amor.

Arrependa-se e volte ao primeiro amor. Persevere e não deixe de perdoar 70×7. Ame ao próximo e ajude ao necessitado. Busque amar a Deus e não a este mundo imoral.
E então você será a resposta à pergunta deste post e verá sua luz brilhando na escuridão cada vez mais até a plena claridade do dia.

 Qee o Senhor te abençoe...

Deivid Azevedo!

Deus, no silêncio


“Ah Deus. Mais uma vez eu venho diante de Ti. Deus, o Senhor sabe há quanto tempo tenho esperado respostas que venham de Ti. O Senhor sabe que tenho confiado e aguardado por Ti. Mas Deus, porque o Senhor continua em silêncio? Porque o Senhor não me responde? Eu preciso tanto de respostas e o Senhor insiste em continuar em silêncio. Porque? Por queeeeeee?”
Você já deve ter feito uma oração assim a Deus, talvez não exatamente a mesma, mas pelo menos uma parecida. A nossa tendência, como humanos é questionar a Deus. Questionar a Sua sabedoria, o Seu tempo e o Seu silêncio.
Em meio à lágrimas, dores, inquietações, angústia, clamamos a Deus por resposta. Mas Ele permanece em silêncio.
Eu sei de alguém que fez essa oração. Alguém que não aguentava mais o silêncio de Deus. Alguém que não entendia o porquê de tanto sofrimento, de tanta dor, de tanta angústia.
Seu nome? Jó.
“Eu ainda estou revoltado e me queixo de Deus; não posso parar de gemer.  Gostaria de saber onde encontrá-lo; gostaria de ir até o lugar onde ele está, para levar a ele a minha causa e apresentar todas as razões que tenho a meu favor.” Jó 23:1 e 2
Muitas vezes, nos sentimos como Jó. Revoltados. Cansados. Achando que não merecemos passar pelo que estamos passando. Somos “bons” demais para tal situação. E queremos levar uma lista de queixas diante de Deus. Gostaríamos de perguntar-Lhe o porquê dessa situação? Por que?
E ai vem duas grandes lições. Primeiro, a resposta do amigo de Jó:
“Mas eu lhe digo que você não tem razão, pois Deus é maior do que as criaturas humanas.  Por que você acusa Deus, afirmando que ele não dá atenção às nossas queixas?  Deus fala de várias maneiras, porém nós não lhe damos atenção.” Jô 33:12-14

 1. Deus fala

E como fala! Ele fala de várias maneiras! Deus usa a Palavra dEle para falar com você. De diversas formas. Ele usa pessoas ao seu redor para falar com você. Ele usa seu pastor, seus líderes, Ele usa músicas, sua família e se tudo isso não bastar, Ele sempre vai achar uma forma de falar ao seu coração. Ele vai usar um blog, um site, um cartaz dentro da sua igreja ou um adesivo com dizeres bíblicos, e sabe, quando você ler alguma mensagem em um desses, poderá pensar que é apenas uma coincidência, mas para Deus, coincidências não existem, o que existem são “Jesuscidências
 ”Antigamente, por meio dos profetas, Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados,  mas nestes últimos tempos ele nos falou por meio do seu Filho. Foi ele quem Deus escolheu para possuir todas as coisas e foi por meio dele que Deus criou o Universo.” Hebreus 1:1 e 2
 - Deus sempre fala, mas muitas vezes somos nós que não queremos ouvir. Não Lhe damos atenção, como diz o versículo. Sabe por que? Porque Ele não nos dá a resposta que queremos ouvir, e continuamos achando que Ele não fala.
 - Deus fala mesmo no silêncio. Quando você acha que Deus não te ouve; você já cansou de chegar até Ele e parece que Ele está tão distante. Ele está falando.
E no silêncio de Deus, Ele pode estar te falando duas coisas:
-Espere, aguarde, confie, descanseem Mim. Ou
- Você pode estar em algum pecado. E Ele até ta te mostrando isso, mas você finge que não vê. Ele está esperando que você corra até Ele para pedir perdão e verdadeiramente se arrepender.
O que aconteceu com Jó então?
 “O Senhor disse-lhe: Notaste o meu servo Jó? Não há ninguém igual a ele na terra: íntegro, reto, temente a Deus, afastado do mal.” Jó 1: 8
“Jó não cometeu pecado algum…” Jó 1:22
Notamos pelo contexto, que ele não estava em pecado nenhum. E as desgraças sobre a sua vida já começam a acontecer no capítulo 1. Então porque o silêncio de Deus? Deus só responde a Jó 37 capítulos depois. No capítulo 38. E é aqui que tiramos a nossa segunda lição.
 2.  Quem é você para questionar a Deus?
Quando Deus, em meio a uma tempestade responde a Jó, sabe o que Ele responde? Deus não responde assim:
- Olha Jó, isso aconteceu com você porque… por causa disso e disso.
Não.
 “As suas palavras só mostram a sua ignorância; quem é você para pôr em dúvida a minha sabedoria? Mostre agora que é valente e responda às perguntas que lhe vou fazer. Onde é que você estava quando criei o mundo? Se você é tão inteligente, explique isso.Você sabe quem resolveu qual seria o tamanho do mundo e quem foi que fez as medições? Em cima de que estão firmadas as colunas que sustentam a terra? Quem foi que assentou a pedra principal do alicerce do mundo? Na manhã da criação, as estrelas cantavam em coro, e os servidores celestiais soltavam gritos de alegria. Quando o Mar jorrou do ventre da terra, quem foi que fechou os portões para segurá-lo?  Fui eu que cobri o Mar com as nuvens e o envolvi com a escuridão. Marquei os seus limites e fechei com trancas as suas portas. E eu lhe disse: “Você chegará até este ponto e daqui não passará. As suas altas ondas pararão aqui.” Jó, alguma vez na sua vida você ordenou que viesse a madrugada e assim começasse um novo dia? Jó 38: 2-12 (E sugiro a leitura do restante do capítulo, que só nos mostra o maravilhoso poder de Deus.)
Não temos o direito de questionar a Deus. Não temos o direito de questionar a Sua sabedoria, o Seu poder e o Seu tempo. Não temos o direito de questionar sobre a forma como Ele age. Apenas temos o dever de ficar quietos.
E no fim de tudo isso, Jó aprendeu a sua lição. E nos deixa uma das declarações mais lindas de toda a Bíblia. Declaração esta, que deveria ser a de todo cristão.
 ”Antes eu Te conhecia só por ouvir falar, mas agora eu te vejo com os meus próprios olhos.” Jó 42:5

Deivid Azevedo!

Deixe o Passado, no passado.'


Bom pessoal, quero me desculpar por nunca mias ter aparecido por aqui..
Éh qe estou meio com a agenda lotada por aqui, e ainda mais agora qe estou trabalhando, rsrsrs... Mas encontrei um tempinho para fazer umas postagens hoje.. E espero que esses posts possam abençoar grandemente a vida de cada um que dá uma passadinha por aqui... Fiqem com Deus e Leiam.... ^^)

Que tal deixar seu passado realmente no passado????
Olha esse texto de Isaías 43, onde diz que não devemos nos lembras das coisas antigas e que Deus está a todos momento criando coisas novas, veja:

“Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.” Isaías 43:18,19
Mas… Para poder enxergar essas coisas novas, precisamos deixar o passado de lado… Por isso, quero te incentivar, neste post, a viver o novo de DEUS em sua vida, e como venho falando estamos num ótimo momento e coisas incríveis estão para acontecer, por isso precisamos deixar de lado o passado.
A maioria das pessoas vive em função das coisas que já aconteceram, não das que irão acontecer. Isso é um problema, porque ficar preso ao que aconteceu, ou seja, ficar lembrando das coisas antigas, das conquistas, das vezes em que você acertou, das vitórias, das derrotas…. Isso é legal, mas tudo isso já aconteceu e por mais que você queira nada poderá ser alterado, então porque deixar que essas lembranças de impeçam de olhar o futuro???
Quando chegamos a Cristo todos nós estávamos sujos, imundos, machucados e o pior, nosso destino era a morte. Mas Ele por sua infinita bondade e misericórdia nos salvou e foi além: nos fez novas criaturas!
Se Ele nos fez novas criaturas, então porque ficamos presos às coisas velhas???
Acho que você já entendeu meu ponto neste post e posso resumi-lo numa única frase:
“Não deixe que seu passado mate seu futuro. Use-o como fator motivador para promover as suas mudanças.” Samuel Oliveira
Como faço isso? Como “trato” meu passado?
O perdão é essencial para seguir em frente. Então se você errou, pecou, aprenda a pedir perdão para Deus e mais, aprenda a SE perdoar. Deus te perdoa a Palavra diz que Ele não se lembra mais dos nossos pecados, então porque nós não podemos nos perdoar e prosseguir caminhando???
Se seu erro envolve outra pessoa, aprenda a pedir perdão e não deixar que cresça nenhuma raiz de amargura em seu coração. Veja o texto de Hebreus 12.

Conquistas, vitórias…
É muuuiiito bom e necessário para nosso crescimento vencer e conquistar as coisas. Isso gera em nós um desejo de lutar e vencer mais vezes, de se desafiar e bater seus limites.
“Ao invés de ficar lembrando das conquistas do passado, projete as vitórias do futuro.” Samuel Oliveira

No resumo, use seu passado com inteligência, lembre-se dele como lições aprendidas que podem evitar erros no futuro e para te dar segurança quando você precisar arriscar.
Ok?

Você só tem FUTURO, pense nisso.
Deus te abençoe poderosamente!!! 


Retirado do site Não Morda a Maçã.!

Deivid Azevedo.!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...